Qual é o maior problema que Vancouver e British Columbia enfrentam atualmente?

Acredite ou não, o problema do clima instável e do excesso de chuva não são nada perto da epidemia de fentanil, opioide sintético considerado cem vezes mais forte do que a heroína, que vem se alastrando como uma praga por toda a província de British Columbia, mas em proporções ainda maiores em Vancouver.

De acordo com dados oficiais do governo, até o momento pelo menos 622 pessoas morreram em BC devido à overdose de fentanil só neste ano, número que mostra que a situação está totalmente fora de controle e, a qualquer momento, o governo federal deve declarar estado de emergência. A título de comparação, em 2012, quando a droga começou a surgir no Canadá, apenas 42 pessoas morreram devido à sua ingestão.

Até a polícia de Vancouver, que normalmente não é acionada em casos de overdose, tem trabalho em conjunto com os bombeiros para tentarem salvar as vítimas que, na maioria das vezes, são jovens ou moradores de rua. Para reverter os efeitos da overdose, os dois departamentos citados utilizam naloxona, droga poderosa também usada para reverter estado de coma.

O que fazer para solucionar o problema?

Além da dificuldade natural que qualquer país enfrenta para diminuir o tráfico de drogas, – que no caso do Canadá vem da China e dos Estados Unidos -, as autoridades enfrentam um problema extra quando se trata de fentanil: é uma droga discreta, que pode facilmente ser misturada a outros ingredientes e depois ser cortada e transformada em pequenas pílulas antes de chegar às ruas.

Outro agravante é a existência de “prensas de comprimidos”, máquina que compressa substâncias em pó, transformando-as em pílulas de forma tão rápida que até 18 mil pílulas podem ser feitas em apenas uma hora.

Diferentemente de BC, o governo provincial de Alberta já tomou atitude para tentar diminuir a produção em alta escala da droga, mesmo sem a crise  ainda ter atingido tão fortemente àquela região. A partir de 2017, pessoas que forem pegas sem autorização para portar a máquina citada anteriormente pagarão multa de $375,000 e podem ser presas por até um ano.

Uma pesquisa feita por órgãos de saúde de Vancouver revelou que o fentanil foi detectado junto com outros alucinógenos (como cocaína, crack, heroína, oxycontin etc) em quase 85% dos casos testados,transformando até as drogas mais fracas em letais.

Para se ter uma ideia, apenas 2 miligramas de fentanil é o suficiente para matar. 

Droga nova, problema antigo

Vale ressaltar que Vancouver tem um histórico antigo de drogas se espalhando pela cidade. A única coisa que mudou até o momento foi o nome da droga. Antes, o problema era o Oxycontin.

De acordo com as Nações Unidas, o Canadá é o país que mais consome opioides prescritos per capita, informação que bate de frente com a ideia de que o país é um dos melhores do mundo para se viver e também é considerado constantemente como um dos mais felizes do mundo.

Anúncios

Um comentário sobre “Qual é o maior problema que Vancouver e British Columbia enfrentam atualmente?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s